Aulas da rede municipal seguem suspensas em Betim até 31 de julho

0
254
Escola Municipal Olímpia Maria da Glória, no bairro Jardim das Alterosa 2ª seção. Foto: Site Semed.

Plataforma online foi lançada para alunos das escolas municipais e conteúdo poderá contar como carga horária do ano letivo

A Prefeitura de Betim prorrogou, mais uma vez, o reinício das aulas nas escolas municipais e centros infantis do Município e rede conveniada. Através do Decreto 42.139, de 3 de junho de 2020, a reabertura das unidades escolares, prevista anteriormente para 30 de junho, foi adiada para 31 de julho. A data poderá ser novamente revista, segundo a Secretaria Municipal de Educação.

A decisão foi tomada mediante o protocolo sanitário do município. A medida visa resguardar estudantes e profissionais da educação durante o período de propagação do novo coronavírus.

Ensino remoto

Diante dessa situação, a Secretaria Municipal de Educação (Semed-Betim) disponibilizou aos alunos da rede municipal de ensino acesso ao novo programa de estudo remoto – online. Todo conteúdo de aprendizagem está organizado conforme o ano escolar, do 1º ao 9º do ensino fundamental, para as crianças da educação infantil e, também, para os alunos da Educação de Jovens e Adultos (EJA) e para os da educação especial. O material será postado semanalmente no site: www.semed.betim.mg.gov.br.


No dia 4 de maio, foram feitas as últimas alterações no programa por meio de reunião remota na Semed, entre a Superintendência do Ensino Fundamental, diretores escolares e a secretária de Educação, Marilene Pimenta.

A resolução decorre da nova normatização do Ministério da Educação. Essas atividades passam a valer como atividade curricular, podendo ser empregada como parte da carga horária obrigatória do ano letivo.

Durante a reunião, Marilene Pimenta orientou os envolvidos a instituírem um plano de ação “pós-pandemia”, com a adoção de ações sanitárias e estruturais. “É de extrema importância estarmos preparados para o retorno das atividades escolares, prezando em primeiro lugar pelo cuidado com a saúde de nossos alunos e profissionais para a não proliferação do vírus”, destacou Marilene Pimenta.

Os funcionários encarregados da limpeza poderão ser convocados para garantir que as escolas tenham manutenção e cuidados, como consta no Decreto 42.125.

Marilene ressalta que, em junho, conforme determina o decreto, o diretor de cada centro de ensino é responsável pela manutenção do patrimônio. Ela destaca que “a convocação dos profissionais para realizarem essas atividades deverá respeitar, rigorosamente, o protocolo sanitário determinado no período da pandemia, ou seja, cada diretor deverá, com o apoio da Semed-Betim, oferecer todas as condições seguras de trabalho aos servidores.”

Com informações Prefeitura de Betim.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here