Crianças de Brumadinho pedem ao Papai Noel “paz, amor e felicidade”

0
774
As cartas foram enviadas ao Instituto Filantrópico NaAção BH, que trabalha com empreendedorismo social e formação de liderança. Foto: Instituto NaAcao- Divulgacao- Crianca Talisson

As cartas com os desejos surpreenderam moradores da região, internautas e a quem selecionava o conteúdo

A iniciativa de um projeto social em reunir cartas para o Papai Noel, de crianças vítimas do rompimento da barragem em Brumadinho, surpreenderam os moradores da região, internautas e a equipe que selecionava o conteúdo. Dentro dos envelopes, os pedidos eram, além de brinquedos, por “paz, amor, alegria, amizade e felicidade”.

As cartas foram enviadas ao Instituto Filantrópico NaAção BH, que trabalha com empreendedorismo social e formação de liderança. Em seguida, a instituição iniciou nas redes sociais uma campanha a fim de encontrar pessoas que estão dispostas a realizar os desejos dos pequenos. Caso queira apadrinhar alguma das correspondências, basta acessar o link: www.facebook.com/naacaobh.

A instituição, que existe há três anos, trabalha no local desde o primeiro dia pós rompimento da estrutura da barragem, em janeiro deste ano. A coordenadora do projeto, Sophia Guimarães, de 24 anos, diz que as crianças são recebidas nos fins de semana, em uma casa de apoio há 600 metros de onde ocorreu a tragédia.

“Todo sábado temos recreação com as crianças. No dia 26 de novembro (sábado), começamos a pedir para elas (crianças) escreverem o que gostariam de ganhar de natal. Logo depois, nós nos surpreendemos com os pedidos”, disse Sophia Guimarães.

Na cartinha da pequena Livia Gabriele Reis da Silva, por exemplo, ela espera ganhar paz, amor e amizade. E ainda ressalta que deseja apenas o que o bom velhinho pode dar, ” se não, não precisa dar nada”. A garota revela que também quer de presente um vaso para plantar “uma coisa bem legal”.

Livia Gabriele Reis da Silva espera ganhar paz, amor e amizade. Foto: Instituto NaAção- Divulgação – Criança Livia

NaAção

Hoje, a NaAção atende cerca de 150 crianças na região do Parque das Cachoeiras, fortemente afetada pelo rompimento da barragem da Vale, em Brumadinho.

“É importante resgatarmos a essência das crianças. Quando chegamos lá, estavam bastantes apreensivos, pintavam tudo de marrom e preto. Acho importante recuperar a alegria e a felicidade dos pequenos. Principalmente, recuperar a esperança de todas as pessoas da comunidade. Todo mundo tem o sentimento que perdeu alguém”, afirma a coordenadora do projeto.

No local, a instituição fornece diversas oficinas de aprendizagem para a garotada e também de capacitação pessoal voltada para adultos em Brumadinho. Além de desenvolver um coletivo, grupo de cooperação conhecido como, “Mulheres de Brumadinho”, para fornecer conhecimento sobre empreendedorismo, gastronomia e produtos artesanais.

“Ao chegarmos em Brumadinho, identificamos que as comunidades atingidas eram de extrema vulnerabilidade. Então, entendemos que nosso trabalho naquele momento era indispensável, porém não pelo lado do empreendedorismo, mas sim no trabalho inicial psicológico”, finaliza Sophia.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here