Por causa da pandemia, novo Peugeot 208 tem lançamento adiado

0
341
Segunda geração do modelo será produzida na Argentina, na cidade de Em Palomar, não mais de Porto Real (RJ). Foto: Divulgação/ Peugeot.

Hatch frances irá enfrentar os concorrentes Onix Chevrolet e Polo Volkswagen

Com as fábricas paradas, concessionárias fechadas e montadoras ajudando no combate ao novo coronavírus. Um dos muitos efeitos colaterais provocados pela pandemia foi o adiamento ou a não chegada de novos carros no mercado automotivo.

Em 2020, marcas importantes planejavam lançamentos, como a Chevrolet – que decidiu mostrar o Tracker de forma online e a Fiat que adiou a chegada da segunda geração da picape Strada. A montadora francesa Peugeot também entra nesse contexto.

De acordo com a revista Auto Esporte, a chegada do novo 208 prevista para o próximo mês, deve ocorrer apenas no 2º semestre de 2020. A segunda geração do modelo será produzida na Argentina, na cidade de Em Palomar, não mais de Porto Real (RJ), contudo a fábrica brasileira também está parada devido a quarentena.

Uma outra alternativa é lançar o carro no Brasil virtualmente ainda no primeiro semestre do ano. Inclusive, o modelo 208 já teve imagens registradas no Instituto Nacional da Propriedade Industrial (Inpi).

O novo 208

O motor do novo hatch deve manter o 1.6 flex atual, mas também trazer o esperado 1.2 turbo de 130 cv – derivado do 1.2 Puretech aspirado. Todas essas novidades vêm para enfrentar os concorrentes Chevrolet Onix e Volkswagen Polo.

A plataforma é nova, chamada EMP1, projetada com a parceira chinesa Dongfeng. Mais moderna que a antiga PF1, a base é 30 kg mais leve e permitiu um aproveitamento maior do espaço interno, a despeito do entre-eixos continuar a ter 2,54 metros.

O porta-malas leva 311 litros, dentro da média do segmento. Os faróis fogem do design apresentado pelos 3008 e 5008, com LEDs prolongados que lembram dentes incisivos de um leão. O felino é o símbolo da marca, que usa também a inspiração nas lanternas.

Existe uma passada de garra do bicho representada por sulcos de LEDs na peça. E as largas colunas traseiras fazem homenagem aos compactos históricos da marca. A cabine tem características dos SUVs maiores, 3008 e 5008.

O Chamado i-cockpit 2.0 é referência, com excelentes escolhas de materiais, volante de diâmetro reduzido, alavanca do câmbio automático no estilo manche e sistema multimídia com tela de sete polegadas, touchscreen.

Preço

O 208 vendido no Brasil terá preços entre o Onix e o Polo. Caberá ao novo compacto nacional da Citroen competir no segmento logo abaixo a partir de 2021. O preço de entrada do modelo deve ficar entre R$ 55 mil e R$ 60 mil, enquanto os mais caros podem ser vendidos na fatia entre R$ 70 mil e R$ 80 mil.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here