Lula chega nesta sexta-feira (24) em Betim; sem esquema de segurança, prefeitura teme por confusão

0
258
Além do ex-presidente, o evento receberá 17 representantes de outros países da Europa, da América do Norte e América Latina. Foto: Ricardo Stuckert/ Instagram Lulaoficial

O ex-presidente estará na regional Citrolândia para participar do Seminário Internacional promovido pelo Movimento dos Atingidos por Barragens

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) estará em Betim, nesta sexta-feira (24). A presença de Lula foi confirmada no Seminário Internacional promovido pelo Movimento dos Atingidos por Barragens (MAB), que irá ocorrer na Colônia Santa Isabel, na regional Citrolândia.

Além do ex-presidente, o evento receberá 17 representantes de outros países da Europa, da América do Norte e América Latina e contará com a presença de artistas, como o escritor, filósofo e teólogo, Leonardo Boff.

De acordo com o membro da coordenação da MAB, Joceli Andreoli, o objetivo do Seminário Internacional é fazer o balanço a respeito de um ano do crime da Vale em Brumadinho. “Vão ser desenvolvidos vários tópicos sobre o que ocorreu nesse último ano. Como estratégias da Vale durante esse tempo a respeito das barragens, sobre como a empresa continua avançado território e quais sãos as consequências e os aprendizados de Mariana-MG (2015). E, claro, sobre o rio Paraopeba”, explicou Andreoli.

“O Lula é o presidente de honra do partido, tem entendimento do momento político e sabe da conjuntura em Minas. A Direção Nacional já determinou que nas grandes cidade o partido tenha candidatura própria, mas logicamente respeitando a conjuntura local de cada cidade. Em Betim vamos construir uma frente com partidos esquerda para disputarmos a prefeitura, não necessariamente o cabeça de chapa tem que ser do PT, estamos aberto ao diálogo”, esclareceu o presidente do PT em Betim, Edson Rodrigues, sobre a vinda do ex-presidente a cidade.

Durante a cerimônia, são aguardas participações do Movimento de Reintegração das Pessoas Atingidas pela Hanseníase (Morhan) e outros movimentos sociais.

PREFEITURA DE BETIM SE PRONUNCIA

Em referência às últimas passeatas que tiveram a presença de Lula, a Prefeitura de Betim emitiu uma nota esclarecendo que a presença do ex-presidente pode gerar confusão devido às fragilidades da segurança públicas que pode ser enfrentada.

“Com relação à presença de uma caravana de 2.000 pessoas de ‘atingidos’ que, segundo programa divulgado, permanecerá durante dois dias e duas noites na Colônia Santa Isabel, consideramos que o local não apresenta condições de acolhimento apropriado para tantos visitantes. (…) Os recentes acontecimentos em outros municípios, durante a presença do ex-presidente Lula da Silva, têm registrado manifestações – tanto favoráveis como contrárias ao ex-presidente, necessitando, portanto, de um plano específico de segurança que apenas a Secretaria de Segurança Pública do Estado de Minas Gerais poderá garantir”, esclarece a nota que pode ser lida na íntegra no final desta matéria.

MARCHA DOS ATINGIDOS

Na semana que completa um ano do rompimento da barragem da mina Córrego do Feijão, em Brumadinho, membros da MAB organizaram uma caravana para percorrer cinco cidades.

O ato teve início no dia 20 de janeiro em Belo Horizonte, e seguiu para a cidade de Pompéu-MG no dia 21, em Juatuba-MG no dia 22, e hoje o encontro regional Citrolândia, em Betim na balsa de acesso a cidade de São Joaquim de Bicas-MG, no local haverá um abraço simbólico no rio Paraopeba.

No dia 24, o movimento continua em Betim, onde ocorre o seminário com a presença de Lula. No dia 25, a marcha segue para o Córrego do Feijão e logo depois para a área urbana de Brumadinho, onde haverá uma missa às 17h com a presença do Presidente da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), Dom Walmor.

De acordo com os últimos números disponibilizados pelo Corpo de Bombeiros, até agora o crime da Vale deixou 259 pessoas mortas e 11 continuam desaparecidas. Os militares estão desde o dia 25 de janeiro de 2019, data do rompimento da barragem, trabalhando ininterruptamente em busca dos corpos.

Na manhã desta quinta (23), membros da MAB fizeram um bloqueio na linha férrea na cidade de Mário Campos-MG, na cidade metropolitana de Belo Horizonte. Os manifestantes solicitam, em memória dos mortos, que a mineradora Vale interrompa o tráfego dos trens no próximo sábado (25), data em que a tragédia completa um ano.

NOTA DE ESCLARECIMENTO

Sobre a visita anunciada do ex-presidente Lula da Silva, a Prefeitura Municipal de Betim esclarece:

Nas redes sociais, expoentes do Partido dos Trabalhadores de Betim anunciaram a possibilidade da presença do ex-presidente Lula Da Silva, ao mesmo tempo em que acontecerá o encontro de “Atingidos por Barragens”, no próximo dia 24 de janeiro, na Colônia Santa Isabel, região de Citrolândia, em Betim.

Informamos as frágeis condições de segurança pública que poderão ser enfrentadas:

– Com relação à presença de uma caravana de 2.000 pessoas de “atingidos” que, segundo programa divulgado, permanecerá durante dois dias e duas noites na Colônia Santa Isabel, consideramos que o local não apresenta condições de acolhimento apropriado para tantos visitantes.

– Inexiste aparato de segurança que possa garantir a integridade dos visitantes e dos moradores da localidade.

– A autorização do evento deverá ser obtida junto aos órgãos do Estado de Minas Gerais, de forma a preservar os participantes de quaisquer riscos.

– Os recentes acontecimentos em outros municípios, durante a presença do ex-presidente Lula da Silva, têm registrado manifestações – tanto favoráveis como contrárias ao ex-presidente, necessitando, portanto, de um plano específico de segurança que apenas a Secretaria de Segurança Pública do Estado de Minas Gerais poderá garantir.

– Informações recebidas dos órgãos de segurança pública revelam o risco de tumulto e de possíveis atentados contra a pessoa do ex-presidente, inclusive com o risco de simulação de atentado.

– A prefeitura respeita qualquer manifestação que, pacificamente, chame a atenção sobre as consequências dos desastres decorrentes da queda de barragens e apoia justas indenizações e compensações por perdas de qualquer natureza, danos materiais e morais causados à população.

Edson Leonardo Monteiro
Secretário Municipal de Governo

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here