Betim decreta fechamento de shoppings, bares, restaurantes e outros centros comerciais

0
307
O prefeito Vittorio Mediolli anunciou o decreto 42. 025 por meio de uma live em suas redes sociais oficiais. Foto: Print/ Facebook live.

As medidas não se aplicam aos supermercados, sacolões, padarias, farmácias, laboratórios, clínicas, hospitais e demais serviços de saúde

Todo comércio de Betim, exceto padarias, supermercados, farmácias e sacolões devem fechar as portas. Essa é a recomendação do decreto assinado nessa quinta-feira (19), pelo prefeito de Betim, Vittorio Medioli.

O texto recomenda o fechamento de shoppings, casa de shows, danceterias, academias, bares, restaurantes e outros comércios e locais onde exista aglomeração de pessoas a fim de evitar a propagação do covid-19, o coronavírus. Cinemas, teatros, clubes de lazer, parques, circos, galerias, salões de dança, clínicas de estética, salões de beleza e templos e igrejas, também estão incluídos no procedimento.

Caso os donos dos comércios citados não atendam a determinação, o procurador geral do município, Bruno Cipriano, explicou que a cidade poderá tomar medidas legais cabíveis, como o fechamento compulsório. “O nosso objetivo maior é proteger a vida dos cidadãos”, afirma. Bruno ainda reforça o apelo da administração para que a população colabore e evite sair de casa.

Vittorio Medioli também reforçou o pedido às pessoas que praticam atividades físicas nas pistas de caminhadas da cidade e o cuidado que se deve ter com moradores com mais de 65 anos.

“Isolar as pessoas é a melhor coisa, todos cidadãos acima de 65 anos devem se manter isoladas, pois são elas que podem ser afetadas de maneira fatal pelo vírus. As pistas de caminhadas são outros locais propícios para contribuir com a contaminação. Quem quiser andar, procure outros locais para fazer o exercício, os locais tradicionais na cidade são perfeitos para aumentar a contaminação, não os frequente”, esclarece o prefeito.

Apesar do decreto publicado ontem (19), os comerciantes com lojas no camelódromo de Betim, na rua Amin Fares Debian, abriram as portas normalmente na manhã desta sexta-feira (20). Foto: Tiago Rodrigues.

Até o momento, as providências não se aplicam aos supermercados, farmácias, laboratórios, clínicas, hospitais e demais serviços de saúde em funcionamento no interior de shoppings centers, centros de comércio e galerias de lojas, desde que adotadas as medidas estabelecidas pelas autoridades de saúde de prevenção ao contágio e contenção da propagação de infecção viral relativa ao covid-19.

Anteriormente, a prefeitura havia suspendido as aulas nas escolas e centros infantis municipais até do dia 22 de março. Porém o prazo de suspensão foi estendido até 10 de abril. O atendimento presencial na sede administrativa do município também segue suspenso até essa data.

Casos suspeitos de coronavírus em Betim

No último boletim divulgado ontem (19), pela prefeitura, não há nenhum registro de caso confirmado de coronavírus no município. Os dados são da Vigilância Epidemiologia da Secretaria Municipal de Saúde, que revelam existir 39 casos suspeitos de Covid-19 na cidade e seis foram descartados para a doença.

Os pacientes suspeitos foram atendidos e orientados para o isolamento domiciliar. Eles estão sendo acompanhados pelas equipes das unidades que os receberam.

Não há nenhum paciente suspeito de covid-19 internado em nenhuma Unidade de Pronto Atendimento (UPA), Hospital Público Regional ou Unidades Básicas de Saúde (UBS). E nenhuma unidade da rede SUS será fechada em razão do atendimento de um caso suspeito.

A Secretaria Municipal de Saúde está em alerta e atendendo todos os casos suspeitos que chegam às unidades, seguindo os protocolos assistenciais elaborados conforme o preconizado pelo Ministério da Saúde. E segue ainda acompanhando a investigação dos casos suspeitos junto com as autoridades de saúde do Ministério e Estado.

Em todo planeta Terra, até o momento, mais de 10 mil pessoas já morreram por conta do coronavírus. No Brasil, foram registrados, até a última quinta-feira (19), 621 casos confirmados, e sete óbitos.

O boletim epidemiológico da Secretaria de Estado de Saúde (SES), divulgado também nessa quinta-feira (19), mostra que Minas Gerais tem nove cidades com casos confirmados de coronavírus. Em Belo Horizonte, há 18 casos confirmados e 870 suspeitos, em todo estado mineiro 2.109 casos estão sob investigação, outros 104 foram descartados.

Restaurante Popular

As unidades dos restaurantes populares, nos bairros Jardim Teresópolis e Centro, estão funcionando somente para venda de entrega de marmitex das 10h30 às 14h, com o valor de R$ 3,75 cada.

Restaurantes populares seguem funcionando das 10h30 às 14h, com o valor de cada marmita a R$ 3,75 cada. Foto: Facebook/Prefeitura de Betim.

Outras medidas

Atendimentos, procedimentos e exames agendados no Hospital Pùblico Regional de Betim (HPRB) estão suspensos temporariamente a partir desta sexta-feira (20).

Está suspenso, a partir do dia 23 de março até o dia 10 de abril, todos os atendimentos presenciais da Administração Pública Municipal, exceto para Secretaria de Saúde.

Estão suspensos até o dia 10 de abril eventos públicos de natureza esportiva e cultura, como campeonatos, torneios e shows Alvarás para eventos particulares concedidos pela Comissão de Monitoramento da Violência em Eventos Esportivos e Culturais (Comoveec).

Visitas ou acompanhamento de pacientes nas Unidades de Sáude, por pessoas com idade igual ou superior a 60 anos

A recomendação de fechamento é válida para:

  • Casas de shows e espetáculos de qualquer natureza.
  • Boates, danceterias, salões de dança.
  • Casas de festas e eventos.
  • Feiras, exposições, congressos e seminários.
  • Shoppings centers, centros de comércio e galerias de lojas.
  • Cinemas e teatros.
  • Clubes de serviço e de lazer, piscinas.
  • Academia, centro de ginástica, pistas de caminhadas, estabelecimentos de
  • condicionamento físico.
  • Clínicas de estética e salões de beleza.
  • Parques de diversão, circos, parques temáticos.
  • Bares, restaurantes e lanchonetes.
  • Campos de futebol, quadras poliesportivas.
  • Camelódromos.
  • Igrejas, cultos e templos religiosos.

O transporte público (clique aqui) local também sofreu alteração.

 

Pela manhã, os alguns ônibus de Betim já demonstravam um menor número de passageiros circulando nos coletivos. Foto: Tiago Rodrigues.

O Decreto 42.025 está publicado na edição do Órgão Oficial do Município, dessa quinta-feira, 19.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here