Arnaldo Chaves assume compromisso de melhorar saneamento básico

0
1146
Arnaldo pretende melhorar a qualidade do serviço de limpeza de fossas para dar dignidade ao cidadão, mesmo que, segundo ele, a prefeitura tenha que assumir esse compromisso. Foto: Equipe Arnaldo Chaves/ Divulgação.

Candidato à prefeitura esclarece que se for preciso o próprio executivo efetuará a manutenção das fossas

Com as campanhas eleitorais em andamento, o postulante ao cargo de prefeito de Igarapé, Arnaldo Chaves (PP), vem apresentando seu plano de governo pelas redes sociais e em visitas pontuais. Em suas propostas há um destaque principal no que refere a melhorias significativas no saneamento básico, mais precisamente no esgoto que afeta diversos bairros da cidade.

E de acordo com seus pronunciamentos, Arnaldo pretende melhorar a qualidade do serviço de limpeza de fossas para dar dignidade ao cidadão, mesmo que, segundo ele, a prefeitura tenha que assumir esse compromisso.

Avaliado como um dos serviços mais problemáticos do município, a concessão com a Copasa feita em 2001 vem apresentando diversas reclamações nos últimos anos, principalmente quanto ao descumprimento de compromissos firmados, como o não tratamento do esgoto da cidade e a falta da expansão da rede coletora para os bairros Jardim Colonial, Pousada Del Rey, Fernão Dias, Canarinho e outros.

“Essa situação gerou multa, além da necessidade da Copasa de assumir o serviço da limpeza de fossas. Isso virou mais um problema para a população, pois sem a fiscalização adequada pela atual gestão, a limpeza vai de mal a pior com relatos de demora de mais de três meses para atendimento que deveria ser feito em 15 dias”, disse o candidato a prefeito.

Baseado nessas duras reclamações Arnaldo Chaves reafirma compromisso com essa área. “Eu vou cobrar da Copasa a criação de metas, oferecer parceria com a prefeitura para dar agilidade, mas exigindo cumprimento do prazo fixado com duras penalidades. Iremos fazer valer a Lei do Novo Marco Regulatório podendo abrir concorrência para novas empresas caso continuem descumprindo com suas obrigações. Do jeito que está não vai ficar”, disse em entrevista.

Arnaldo deixa claro em sua proposta que todo o processo acontece em escala e que, emergencialmente é necessário garantir a qualidade do serviço de limpeza de fossas para dar dignidade ao cidadão, ainda que a prefeitura tenha que assumir a limpeza e cobrar da Copasa as despesas, mesmo que na justiça. “Se algo afeta a vida do igarapeense então a prefeitura tem que arcar com essa responsabilidade. Precisamos é acabar com o problema e não somente encontrar culpados”, finalizou.