Assecig comemora três décadas de existência em Igarapé

0
1225
Kombi Literária, antes utilizada para transportar livros, agora entrega cestas básicas, produtos de limpeza, roupas, cobertores e máscaras para famílias cadastradas na associação. Foto: Divulgação/ Assecig.

Associação oferece acesso à cultura, cursos profissionalizantes e, agora, alimentos durante a pandemia

A Associação Educativa e Cultural de Igarapé (Assecig) está comemorando 30 anos neste mês. São três décadas dedicadas a promover atividades nas áreas social, cultural e ambiental do município.

Durante esse tempo, surgiram creches, cursos profissionalizantes, doações de livros e até auxílio alimentício durante esta pandemia da Covid-19.

Segundo a coordenadora da Assecig, Cássia Corradi, todo esse trabalho só foi possível graças ao poder público, entidades religiosas, da imprensa, a Lei de Incentivo à Cultura, empresários e amigos.

“Houve momentos de tristeza, dificuldade, tribulações e desafio. Momento até de parar toda a instituição, que estava em pleno desenvolvimento com a padaria-escola. Mas graças a Deus e a muitas pessoas essas dificuldades foram dribladas. E, até hoje, continuamos em pé”, destaca.

Criada no dia 18 de agosto de 1990, a Assecig já alcançou milhares de pessoas, inclusive filhos de antigos alunos. A coordenadora esclarece que, atualmente, a associação oferece cursos de musicalização, artes e profissionalizantes. Além de palestras e capacitações em parceria com o Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar).

“Nosso último projeto é uma Kombi Literária, que tem levado às escolas, praças, bairros e eventos livros de literatura. A Biblioteca já visitou todas escolas municipais, algumas estaduais, em São Jm. de Bicas e igarapé, e também eventos em Betim”, disse a coordenadora.


Criada no dia 18 de agosto de 1990, a Assecig já alcançou milhares de pessoas, inclusive filhos de antigos alunos. Foto: Assecig/ Divulgação.

“Ao longo do ano, fazemos rifas e campanhas para completar os pagamentos das despesas com os professores dos cursos, instrumentos musicais e materiais de escritório”, completou.

Devido à pandemia, na qual a quarentena imposta requer distanciamento social, o aniversário não será comemorado como estava planejado. “Tínhamos preparado uma bela comemoração. Mas, infelizmente, não será possível. Vamos adiar para ano que vem. Será um brilhante evento”, enfatiza.

Assecig na pandemia

Durante a pandemia, a Kombi Literária, antes utilizada para transportar livros, agora está entregando cestas básicas, produtos de limpeza e higiene pessoal, roupas, cobertores e máscaras para centenas de famílias cadastradas na associação.

“Recebemos nos três primeiros meses doações de cestas básicas, frutas, verduras, legumes e materiais de higiene e limpeza de algumas instituições e empresas locais”, revela a Cássia.

“Posso dizer que são muitas histórias e desafios ao longo do tempo. Mas nenhuma dificuldade nos fez parar. E é com muita emoção que testemunho as vitórias alcançadas, quando vejo jovens que foram nossos alunos em cursos profissionalizantes sendo cidadãos de bem, progredindo e trabalhando. Pois além da capacitação disponibilizada, também oferecemos algo maior e verdadeiro, o amor a Deus e às pessoas. Agradeço a todos que participam, apoiam e confiam no trabalho da instituição”, finaliza.

Como contribuir

Quem quiser ajudar a Assecig, pode efetuar um depósito bancário na agência 2122-9 (Banco do Brasil), Conta Corrente 82.930-7, ou entregar cestas de alimentos, livros, roupas e sapatos, na sede que fica rua Maria Aparecida de Jesus, 611, bairro Três Poderes, em Igarapé.