Cerca de 1.300 animais em situação de rua foram resgatados em Betim nos últimos anos

0
653
Somente no primeiro semestre de 2021, 532 cães e gatos foram recolhidos e levados à estrutura montada no parque de exposições, no bairro Angola. Foto: Arquivo Sepa.

Campanhas promovidas pelas Superintendência Extraordinária de Proteção Animal (Sepa) realizaram mais de 450 adoções na cidade

A Superintendência Extraordinária de Proteção Animal (Sepa) anunciou, em julho, o balanço dos últimos dois anos a respeito da atuação do órgão sobre o cuidado com cães e gatos em Betim.

Segundo os números, nesse período, de aproximadamente 730 dias, foram realizadas cerca de 7 mil castrações dessas duas espécies, além de 1.300 resgates de animais de rua e 3.555 atendimentos veterinários para pets criados pela população de baixa renda. Além disso, durante diversas campanhas de adoção promovidos pela Sepa, mais de 450 animais ganharam um tutor novo.

A gestora da Sepa, Roberta Cabral, comenta os avanços nas políticas públicas direcionadas aos animais. “São números importantes, que precisam ser conhecidos pela população para que o trabalho em prol da causa animal seja ainda mais fortalecido. A própria criação de uma área específica da gestão municipal foi, por si só, uma ação importante para reunir os serviços e para criar políticas públicas voltadas à causa animal”.

De acordo com dados da Sepa, o município registra entre 15 a 20 mil animais em situação de rua, que são recolhidos e encaminhados à Casa de Passagem, onde são tratados quando doentes, castrados e, se não são adotados, voltam para as ruas. Somente no primeiro semestre de 2021, 532 cães e gatos foram recolhidos e levados à estrutura montada no parque de exposições, no bairro Angola.

O órgão ainda reforçou que “a superintendência trabalha com uma rede de apoio do poder público, entidades do terceiro setor, protetores de animais voluntários e estagiários do curso de medicina veterinária de diversas universidades. Na sede da Sepa possuímos serviço de castrações, de atendimento clínico veterinário, de resgate e de tratamento de animais de rua”, disse.

Somado a isso, a pasta também estimula campanhas de conscientização direcionadas aos cuidados com os animais e recebe denúncias de maus tratos que podem ser feitas pelo WhatsApp (31) 99830-2954 – é indispensável o envio de informações e fotos. Somente neste ano, 130 denúncias já foram recebidas pela Sepa.