Economia Solidária de Betim promove oficinas especiais para o Natal

0
359

Cursos manuais são oportunidade para renda extra neste fim de ano

O morador de Betim que está à procura de renda ou de ganhos extras para este fim de ano terá mais uma oportunidade de ampliar o faturamento. É que a prefeitura, por meio do Fórum Municipal de Economia Solidária (Fomesb) – política pública vinculada à Secretaria Municipal de Assistência Social (Semas) e ao programa federal Economia Solidária – promoverá, nos meses de novembro e dezembro, oficinas de trabalhos manuais especiais para as festas de fim de ano.

Serão três cursos: Bolas Personalizadas de Natal; Mini guirlandas Natalinas de Crochê; e Amigurumi (técnica japonesa de criação de bonecos de crochê ou tricô). A inscrição para as aulas, que serão ministradas por artesãs da cidade, terão valor simbólico. Todos os cursos serão ministrados na loja da Economia Solidária do Camelódromo (rua Amin Fares Debian, 194, Centro).

O curso para confecção de bolas natalinas personalizadas tem o valor de R$ 35. A aula ocorre no dia 26 de novembro, em dois turnos: das 9h às 12h e das 13h às 16h. Outras informações sobre a oficina e também sobre as inscrições podem ser obtidas por meio dos telefones 3059-1369 ou 98771-6990.

O curso de produção de mini guirlandas será realizado no dia 30 de novembro, das 13h30 às 17h30, e terá o valor de R$ 40. Para esta oficina, é ideal que o aluno já saiba como fazer os pontos básicos alto, baixo e de correntinha. Outras informações sobre a aula e sobre as inscrições devem ser obtidas pelo telefone 99794-2658 (Rojane).

Já a oficina de confecção de amigurumi contará, além da aula, com uma apostila explicativa. Para aprender a técnica, também é necessário que o aluno já saiba como fazer os pontos básicos. No entanto, caso a pessoa tenha interesse, mas não saiba, pode conversar com a professora para combinar uma aula de iniciação antes da oficina. O curso será realizado no dia 7 de dezembro, das 13h às 17h. O telefone para mais informações é o 99794-2658 (Rojane).

A coordenação do Fórum Municipal de Economia Solidária ressalta que os cursos representam mais uma iniciativa para possibilitar não apenas uma renda extra, mas a troca de experiências, o incentivo à cultura, o saber popular e o aprendizado de novas técnicas manuais.

“É um auxílio para pagar as contas, mas, também, para aproveitar um dom, uma experiência. Ou mesmo para oferecer a possibilidade de aprender algo novo que pode transformar a vida da pessoa mentalmente, psicologicamente e financeiramente. Esse é o objetivo dessa iniciativa e, também, de todas as ações promovidas pelo Fomesb”.