Justiça condena Vale a pagar R$ 1 milhão às famílias de vítimas de Brumadinho

0
494
Foto: CBBMG/ Divulgação.

Em junho deste ano, uma decisão semelhante foi tomada pela justiça

A Justiça do Trabalho condenou a mineradora Vale na ultima semana a pagar indenização de R$ 1 milhão por danos morais para herdeiros de trabalhadores mortos no rompimento da barragem de Brumadinho. Segundo o Portal G1, “a ação foi impetrada pelos sindicatos dos Trabalhadores nas Indústrias da Construção Pesada de Minas Gerais, dos Empregados em Empresas de Refeições Coletivas e pela Federação dos Trabalhadores nas Indústrias da Construção e do Imobiliário do estado”.

Em junho deste ano, a Justiça determinou o pagamento da mesma quantia num processo movido pelo Sindicato dos Trabalhadores na Indústria da Extração de Ferro e Metais Básicos de Brumadinho e Região. De acordo com o Portal, “a decisão é da juíza Vivianne Celia Ferreira Ramos Correa, titular da 5ª Vara do Tribunal Regional do Trabalho (TRT), de primeira instância, de Betim. Ela também havia determinado o pagamento da mesma quantia às famílias dos trabalhadores do Metabase.

“A ré conhecia o risco de rompimento da barragem e tinha ciência de que o centro administrativo, o refeitório e oficinas mecânicas seriam atingidos em até 60 segundos”, disse a juíza.

Em nota, a empresa Vale disse que irá analisar essa decisão judicial e que “está atenta à situação dos atingidos pelo rompimento da barragem B1 e, por esse motivo, vem realizando acordos com os familiares dos trabalhadores desde 2019, a fim de garantir uma reparação rápida e integral”.