Novo Cras e espaço de lazer serão entregues nesta sexta-feira (11) em Igarapé

0
1071
Atualmente, em na cidade há cinco unidades de desse tipo para atender a população, onde são oferecidos serviços de fortalecimento e convivência com a família e com a comunidade. Foto: Divulgação/Prefeitura de Igarapé.

Praça oferece aos moradores academia ao ar livre e espaço para prática de esportes

Visando disponibilizar ambientes adequados e confortáveis para os igarapeenses, a prefeitura local irá entregar, nesta sexta-feira (11), a nova sede do Centro de Referência de Assistência Social (Cras) e a Praça Raimundo dos Santos Corrêa (Fio), no bairro Resplendor.

De acordo com informações, o novo espaço de lazer, localizado à frente da nova sede do Cras, conta com 1.200 m² e se encontra na esquina da rua Varginha com avenida Miguel Paes. A estrutura também disponibiliza aos moradores da região uma academia ao ar livre, que proporciona aos usuários um espaço de convivência, lazer e prática de esporte.

Já a nova sede do Cras, com 95 m² de área construída, está finalizada conforme os padrões do Ministério do Desenvolvimento Social (MDS). Segundo a Prefeitura de Igarapé, o local possui sala de atendimento para as famílias, de multiuso para coordenação e administração, copa, recepção, varanda e área de serviço. Além de quatro banheiros, dois femininos e dois masculinos, sendo um de cada exclusivo para pessoas com necessidades especiais. Atualmente, a sede vem funcionando na rua Paraíba, 230.

A administração municipal destacou que toda obra do novo Cras custou aproximadamente R$ 486 mil. Desse total, a prefeitura contribuiu com R$ 136 mil e o restante foi obtido por meio de emenda parlamentar.

Importância do Cras

Classificado como a porta de entrada da Assistência Social, o Cras é um equipamento que se encontra prioritariamente em áreas de maior vulnerabilidade social. Atualmente, em Igarapé há cinco unidades de desse tipo para atender a população, onde são oferecidos serviços de fortalecimento e convivência com a família e com a comunidade.

Informações disponibilizadas pela prefeitura esclarecem que o público atendido é constituído de família e indivíduos em situação grave de desproteção, pessoas com deficiência, idosos, crianças retiradas do trabalho infantil, pessoas inseridas no Cadastro Único beneficiários do Programa Bolsa Família e do Benefício de Prestação Continuada (BPC), entre outros.

As unidades do Cras da Prefeitura de Igarapé, “além de auxiliarem a comunidade nas suas demandas, também a orienta na efetivação de direitos sociais. Nesses Centro de Referência de Assistência Social, a população também tem acesso a oficinas de artesanato, corte e costura, crochê, pintura em tecido, biscuit, cabeleireiro e de manicure e pedicure. Além dessas atividades de incentivo à geração de renda, os Cras de Igarapé também contribuem com a saúde dos frequentadores, oferecendo oficina de ginástica aos usuários”, informou a administração municipal, em nota.