Amazon investe R$ 120 milhões em um centro de distribuição em Betim 

0
1075
Amazon também instalará em Betim o marketplace da companhia, agregando outros vendedores e aumentando ainda mais o portfólio de produtos no site. Foto: Divulgação/ Amazon.

Empresa norte-americana deve gerar aproximadamente 250 novos postos de trabalho na cidade

Betim no caminho da expansão econômica nacional, com aporte de uma empresa internacional. Isso porque na última segunda-feira (8), o Governo de Minas Gerais confirmou que a cidade mineira irá contar, nos próximos dias, com um novo centro de distribuição (CD) da multinacional norte-americana de varejo Amazon, fundada pelo empresário Jeff Bezos.

Em sua conta oficial na rede social Twitter, o governador Romeu Zema (Novo) publicou a respeito do novo empreendimento. “MG terá um centro de distribuição da maior empresa de e-commerce do mundo, a Amazon! Um investimento muito importante, que vai gerar novos empregos e crescimento econômico. Essa é uma prioridade do meu governo, tornar Minas um lugar cada vez melhor para empreender”, diz o post.

De acordo com a Prefeitura de Betim, a empresa norte-americana pretende investir, no primeiro momento, cerca de R$ 120 milhões no CD. A estimativa é de que no município sejam gerados cerca de 250 empregos, entre diretos e indiretos.

O prefeito da cidade, candidato à reeleição, Vittorio Medioli (PSD), esclarece que com o anúncio o município se consolida como um importante polo logístico no país. Já que os distritos industriais de Betim contam com 87 novos empreendimentos, sendo instalados, e outros 111 em análise. “Além de criar infraestrutura, o município melhorou a qualidade de vida da população, está diversificando sua economia, simplificando a atividade empresarial, garantindo o progresso e, em breve, concluirá as obras de um grande parque aeroviário que abrigará um grande aeródromo, mais focado no transporte de cargas, transformado ainda mais a realidade de todo o cinturão metropolitano, com geração de riquezas, mais empregos e qualificação profissional. Talvez por isso a cidade tenha sido escolhida por essa gigante”, afirma Medioli.

Negociação

Segundo informações da Agência Mineira de Notícias, as negociações com a multinacional tiveram início em 2019. E esse resultado positivo para economia mineira só foi possível por meio de um trabalho de desburocratização estabelecido pelo Governo do Estado, com suporte da Agência de Promoção de Investimento e Comércio Exterior de Minas Gerais (Indi) e da Secretaria de Desenvolvimento Econômico (Sede).

O presidente do Indi, Thiago Toscano, elucida que o órgão teve um papel fundamental nas negociações e relembra que o setor de e- -commerce está em franca expansão e que na própria legislação tributária há alguns entraves para acompanhar a dinâmica do mercado. “A Secretaria de Fazenda conseguiu acompanhar essas mudanças para se adaptar à nova realidade do segmento. Essa foi uma das nossas grandes vantagens competitivas”, explica Thiago.

A Amazon também instalará em Betim o marketplace da companhia, agregando outros vendedores e aumentando ainda mais o portfólio de produtos no site. “Vamos continuar trabalhando para que outras do setor sigam o mesmo caminho”, conclui. O secretário-adjunto da Sede, Fernando Passalio, também comentou sobre o CD em Betim. “A vinda da Amazon para MG reforça as diretrizes do governo Zema, de simplificar e desburocratizar os processos. Estamos focados em diversificar a economia, mostrando o potencial do estado em se tornar, cada vez mais, um grande hub logístico para o restante do país”, afirma.

A multinacional confirmou também a abertura de outros dois centros, um no Distrito Federal e outro no Rio Grande do Sul. Dessa maneira, 1,5 mil postos de trabalhos devem ser gerados no Brasil.

A partir deste anúncio, a empresa norte-americana passa a contar com oito CDs em cidades brasileiras. Sendo assim, aproximadamente 500 municípios terão entregas mais rápidas, entre outros benefícios, já que o Brasil é o país com o crescimento mais rápido em assinaturas Amazon Prime.

O country manager da Amazon no Brasil, Alex Szapiro, enfatiza que o crescimento da companhia reflete o compromisso com os consumidores brasileiros. “Estamos profundamente comprometidos com o país e com as comunidades onde atuamos, e temos orgulho de criar mais de 1,5 mil novas oportunidades de trabalho, que irão beneficiar as regiões onde os centros de distribuição foram instalados”, disse.

Investimentos em Minas Gerais

Em nota, a administração estadual afirma que de janeiro a outubro deste ano, MG recebeu R$ 22,5 bilhões de investimentos. E que a meta, até dezembro, é formalizar R$ 30 bilhões. “Mesmo em meio à pandemia, houve aumento de 22% nos aportes em relação ao mesmo período de 2019 e geração de aproximadamente 15 mil empregos. O número expressivo é resultado das ações da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, por meio do Indi, na elaboração de estratégias para a retomada da economia”, disse, em nota.

Em contato com a Prefeitura de Betim e com a empresa Amazon, até o fechamento desta edição, não foi possível confirmar em qual região da cidade será o centro de distribuição.