Instituto Ramacrisna: Curso gratuito de informática é disponibilizado para jovens em Igarapé

0
743
Criado pelo jornalista Arlindo Corrêa da Silva, o Instituto Ramacrisna desenvolve há 60 anos projetos culturais, educacionais, de aprendizagem, profissionalizantes, entre outros. Foto: Ramacrisna/ Divulgação.

Oferecido pelo projeto Ampliando Fronteiras, a iniciativa pretende alcançar cerca de 306 pessoas entre 15 e 29 anos

Em Igarapé, estão disponíveis vagas para o Curso Online de Informática Básica. A capacitação é oferecida por meio do projeto Ampliando Fronteiras, realizado pelo Instituto Ramacrisna em parceria com administração municipal.

As aulas são gratuitas e irão ocorrer entre 14 de setembro e 6 de novembro. Com essa iniciativa, aproximadamente 300 jovens serão contemplados.

De acordo com o instituto, durante o curso os alunos irão aprender a utilizar as ferramentas oferecidas pelo programa de editor de textos Microsoft Word, fazer planilhas no Excel e elaborar apresentações visuais no Powerpoint.

Sendo assim, o aluno irá ampliar o conhecimento sobre produções textuais, bem como gerar planilhas dinâmicas e usar fórmulas para manipulação de dados, além de aprender a realizar apresentações utilizando animação e áudio.

Os interessados em participar da capacitação devem ter entre 15 e 29 anos, Ensino Fundamental Completo, computador com acesso à internet e ser morador de Igarapé.

As inscrições podem ser realizadas no site: www.ramacrisna.org.br, até o dia 7 de setembro. O projeto Ampliando Fronteiras tem o objetivo de qualificar profissionalmente adolescentes e jovens moradores de Igarapé, em situação de vulnerabilidade social e pessoal, promovendo a sua inserção no mercado de trabalho. Ao todo, o projeto irá beneficiar 306 adolescentes e jovens em seis cursos com certificação.

Ramacrisna

Criado pelo jornalista Arlindo Corrêa da Silva, o Instituto Ramacrisna desenvolve há 60 anos projetos culturais, educacionais, de aprendizagem, profissionalizantes, entre outros.

O nome da instituição é em homenagem ao filósofo indiano Sri Ramakrishna, ecumenista que viveu no século 19 e pregava o trabalho social como forma de transformação do ser humano.

Atualmente, a instituição atende, além da comunidade em situação de vulnerabilidade social de Betim, outras onze cidades da região metropolitana de Belo Horizonte. Em 2019, o Instituto alcançou mais de 11.550 pessoas na sede do Ramacrisna, e 39.064 atendimentos foram realizados pelo instituto em parceria com o Poder Público, somando 50.614 atendimentos