Betim inicia vacinação contra Covid-19 nesta terça-feira (19)

0
958
Governo de Minas Gerais recebeu 561 mil doses do imunizante CoronaVac, produzido pelo Instituto Butantan, de São Paulo, em parceria com a empresa chinesa Sinovac Biotech. Foto: Divulgação/GESP.

Município obteve do governo estadual 5.160 doses do imunizante CoronaVac, produzido pelo Instituto Butantan, de São Paulo, em parceria com a empresa chinesa Sinovac Biotech

O início do fim da pandemia está agora um pouco mais próximo em algumas cidades de Minas Gerais. Em Betim, no início desta tarde, a prefeitura anunciou que dará início a vacinação contra o novo coronavírus hoje (19), no estacionamento do Centro de Cuidados Intensivos (Cecovid-4), no Centro Materno-Infantil, após receber do Governo de Minas Gerais 5.160 doses do imunizante CoronaVac, produzido pelo Instituto Butantan, de São Paulo, em parceria com a empresa chinesa Sinovac Biotech.

Segundo informou a prefeitura, a cerimônia de ato simbólico irá imunizar sete trabalhadores da saúde. A administração municipal destacou que este será o primeiro grupo a ser imunizado a partir de amanhã (20), quando os profissionais da saúde começam a ser vacinados.

Em uma live transmitida nessa segunda-feira (18), o prefeito Vittorio Medioli (PSD) esclareceu que, nesta primeira etapa, 6 mil pessoas receberão a dose da vacina. São elas profissionais da saúde e residentes de lar de idosos. O primeiro grupo nos locais em que trabalham, o segundo nos imóveis onde residem, como asilos ou abrigos.

Ainda durante a transmissão, Medioli destacou positivamente o trabalho da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) e deixou claro que será imunizado assim que a vez do grupo ao qual pertence chegar. “Estarei lá para tomar a vacina com toda tranquilidade”, disse o administrador do município, de 69 anos.

Vacina em MG

Após se reunir com o ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, pela manhã nessa segunda (18), em uma cerimônia de entrega de doses da vacina aos estados, o Brasil Imunizado, o governador de MG, Romeu Zema (Novo), recebeu em nome do estado 561 mil doses do imunizante produzido pelo Butantan.

A técnica de Enfermagem Maria Bom Sucesso Pereira, de 57 anos, foi a primeira a receber a dose do imunizante no estado mineiro. Foto: Alexandre Rezende / Nitro – Agência Minas.

Ainda na noite de ontem, em um ato solene, de esperança e de emoção, o Governo de Minas Gerais deu início a uma das maiores operações de vacina do estado. A primeira a receber a dose do imunizante no estado mineiro foi a técnica de Enfermagem Maria Bom Sucesso Pereira, de 57 anos, que atua a mais de 10 no Centro de Tratamento Intensivo (CTI), do Hospital Eduardo do Menezes, em BH.

Além de Maria, quatro integrantes do grupo prioritário definido pelo Ministério da Saúde e que atuam na linha de frente de combate à doença em MG também foram vacinados diante da presença de Romeu Zema. A cerimônia foi realizada logo após a chegada do primeiro lote de imunizantes ao Aeroporto Internacional de Belo Horizonte, em Confins.

“É bem provável que amanhã (19) todo o estado já tenha à disposição essas vacinas. Eu fico muito honrado de estar aqui participando deste momento com cinco profissionais do nosso Hospital Eduardo de Menezes que, desde março do ano passado, atende exclusivamente pacientes com Covid-19, unidade em que os funcionários, mais que quaisquer outros, foram expostos. Quero de coração agradecer, em nome dos cinco funcionários que estão aqui, a todos aqueles que trabalham na área de saúde”, disse o governador.

Depois de ser vacinada, Maria Bom Sucesso pediu à população que, mesmo com a vacina sendo anunciada, não deixem de lado os cuidados básicos neste momento. “Nesta hora, neste momento, está chegando a vacina, a nossa luz no fim do túnel. Então, peço à população, vacinem, mas, por favor, tomem cuidado. Não deixem de usar a máscara, álcool em gel e lavar as mãos. Isso ainda vai viver conosco por algum tempo. Mas vai passar,” finalizou.