Castração gratuita pretende contemplar 5 mil animais em Betim

0
1175
Enquanto os animais se recuperam da anestesia, os tutores são orientados sobre os cuidados e medicamentos necessários. Foto: Internet/ Divulgação.

Nesta edição, um castramóvel irá oferecer o procedimento nas regionais da cidade

O tutor que deseja realizar a castração do bicho de estimação em Betim já pode comemorar. Recentemente, o mutirão de castração foi retomado pela Superintendência de Proteção e Bem-estar Animal (Sepa), ligada à Secretaria Municipal de Gabinete, e irá ocorrer até junho deste ano.

Segundo a prefeitura, a meta é esterilizar 5.000 animais no município. Nos últimos dois anos, cerca de 3 mil bichos, entre cães e gatos, já foram castrados no espaço, que fica no Parque de Exposições, no bairro Angola.

Neste mês, a superintendência ainda afirma que contará com um reforço na ação, um castramóvel. O veículo será responsável por levar esse atendimento para as regionais da cidade, podendo realizar até 200 procedimentos de castração a cada dia.

De acordo com informações, a cirurgia de castração é simples e sem dor. Durante toda intervenção, o animal é sedado e o tempo pode ser até de 30 minutos. Enquanto o pet se recupera da anestesia, os tutores são orientados sobre os cuidados e medicamentos necessários. “Atualmente, 3 mil pessoas aguardam para fazer o procedimento gratuito. Nossa meta é zerar essa fila de espera e, a partir de 2024, começar a colher os frutos deste trabalho, com o início da redução da população de animais de rua em Betim”, afirmou a superintendente da Sepa, Roberta Cabral.

Quem tiver interesse em solicitar o serviço deve ter mais de 18 anos, apresentar um comprovante de endereço e renda e um documento de identificação com foto. A cirurgia de castração é apenas oferecida aos moradores de Betim, dos quais as famílias ganham até três salários mínimos.

Outros serviços

A Sepa oferece também atendimento clínico veterinário de urgência de baixa complexidade para cães e gatos, resgata e oferece abrigo aos pets abandonados e que sofrem maus tratos. “Hoje, cuidamos de 200 animais, mas é preciso ter uma rotatividade para podermos receber outros que precisarem dos nossos serviços”, explica Roberta.

Para agendar uma consulta no local, a população pode entrar em contato pelo número (31) 3531-3660. Já para solicitar a castração, (31) 3593- 8132. Quem quiser realizar denúncias contra maus tratos e casos de abandono ligue para a Sepa (31) 99830-2954.