Confira os dados atualizados sobre Covid-19 em Betim, São Joaquim de Bicas e Igarapé

0
731
Desde o final de agosto, as três cidades mineiras estão inseridas na “Onda Amarela”, do programa de recuperação econômica do estado, “Minas Consciente”, no qual atividades consideradas não essenciais também estão permitidas a funcionar. Foto: Flickr.

Apesar da baixa de casos de óbitos, a doença continua convivendo conosco, já que a cura definitiva ainda não foi disponibilizada

Apesar de muitos lugares estarem com atividades comerciais ativas novamente e de pessoas voltarem a transitar pelas ruas com maior frequência do que no início da quarentena, é importante estarmos consciente que a pandemia de Covid-19, apesar da baixa de casos de óbitos, continua convivendo conosco, já que a cura definitiva, como uma vacina, ainda não foi disponibilizada.

Em Betim, São Joaquim de Bicas e Igarapé os números são atualizados todos os dias por meio das secretarias municipais em contato com a Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais (SES-MG).

E de acordo com os dados fornecidos pela Secretaria Municipal de Saúde de Betim, até nesta quinta-feira, a cidade conta com 6.987 casos diagnosticados de Covid-19, dos quais 6.583 pessoas já foram curadas, 181 seguem em acompanhamento, dos quais 13 internados no Sistema Único de Saúde (SUS) são moradores do município. No total, já foram contabilizadas 210 mortes devido ao novo vírus.

Em São Joaquim de Bicas, até o dia de hoje (08), a cidade conta com 413 casos confirmados de Covid-19. Desse total, 366 já se recuperaram, 20 estão em acompanhamento e 27 pessoas já perderam a vida no município por conta da Covid-19.

No município de Igarapé, cidade vizinha, são 466 pessoas contaminadas com a doença. No município 405 pessoas se recuperam dos sintomas da Covid-19 e 61 estão em acompanhamento. Segundo os últimos dados disponibilizados, 12 pessoas perderam a vida em razão do novo vírus em Igarapé.

Desde o final de agosto, as três cidades mineiras estão inseridas na “Onda Amarela”, do programa de recuperação econômica do estado, “Minas Consciente”, no qual atividades consideradas não essenciais também estão permitidas a funcionar. Como, shoppings, academias restaurantes, e bares.

Anteriormente, somente estabelecimentos considerados essenciais podiam funcionar nos três municípios, que estavam na “Onda Vermelha”, faixa mais restrita que a atual amarela. Supermercado, farmácia e padaria eram alguns deles.

Se for sair, use a máscara e sempre lave bem as mãos.

*Matéria sob atualização.