Entrevista exclusiva com Cleusa Lara, vice-prefeita eleita de Betim

0
1106
Formada em economia, com pós em administração pública, a vice-prefeita, de 53 anos, irá assumir pela primeira vez um cargo político. Foto: Edson Dutra.

Economista respondeu sobre representatividade da mulher na política e planos futuros para cidade

No último dia 15 de novembro, Betim elegeu pela segunda vez o prefeito Vittorio Medioli (PSD), com 153.144 votos válidos. Ao elegê-lo, a cidade também escolheu como vice-prefeita Cleusa Bernadeth Lara Correa, ou simplesmente Cleusa Lara (PSL).

Formada em economia, com pós em administração pública, a vice-prefeita, de 53 anos, irá assumir pela primeira vez um cargo político. Entretanto, ela revela ao jornal que depois de ser contratada pelo setor financeiro do grupo Sada, empresa da qual Medioli é o proprietário, aos 18, depois de alguns anos se tornou secretária e assessora política de Vittorio, durante o tempo em que o atual prefeito era deputado federal (1991 e 2006). Além, claro, de ter sido secretária municipal de Betim nos últimos anos.

Cleusa enfatiza que, durante a trajetória na empresa de transportes, ocupou cargos de gestão e liderança, inclusive na Fundação Medioli, no Lar de Meninas Madalena Medioli, Núcleo Infantil Anna Medioli, dentre outros.

Casada e mãe de dois filhos, ela cresceu na região do Bandeirinhas, em Betim. Por ser católica, relatou que sempre estava envolvida com a festa da padroeira da igreja no bairro, acrescentando à biografia que durante um tempo também foi catequista. Questionada se realiza algum trabalho social ou voluntário, Lara disse que “os faço de coração e não por publicidade. Por isso não me sinto à vontade em citá-los”.

À Folha Vale de Paraopeba, a vice de Medioli respondeu, por meio de e-mail, já que está se recuperando dos sintomas da Covid-19, doença da qual foi diagnosticada recentemente, sobre questões relacionadas ao seu cargo, representatividade da mulher na política, planos futuros para Betim e a respeito da trajetória na vida pública. Confira:

Folha Vale do Paraopeba: Vice-prefeita, fale a respeito da sua carreira na vida pública da cidade, por exemplo, sobre a gestão como secretária municipal?

Cleusa Lara: Como secretária municipal de Gabinete atuei em todas as áreas de gestão do município ao lado dos demais secretários. Participei de forma interna e em contato com as maiores lideranças de Betim, o que ampliou meu conhecimento com pessoas que realmente estão interessadas no crescimento do município, podendo conhecer melhor os problemas da cidade.

FVP: Para você qual é a relevância de mulheres estarem ocupando cargos políticos?

Cleusa Lara: É muito importante a participação da mulher na política e pude perceber de perto isso no governo Vittorio Medioli. Ações decididas com a participação de mulheres são mais coerentes e menos danosas. O objetivo é alcançado como deve, porém, com toque feminino.

FVP: Em Betim, tivemos apenas uma vereadora eleita neste ano. Na legislatura anterior foram três. Na sua opinião, como a escassez de mulheres pode impactar nas decisões da Câmara?

Cleusa Lara: Tivemos candidaturas de mulheres competentes e com projetos de políticas públicas muito bons, que não se elegeram. Mas a candidatura feminina é sempre mais difícil, precisamos mudar essa cultura em nossa sociedade. A mulher é, sim, muito capaz de atuar no Legislativo com muita competência e conhecimento de causa.

FVP: Cleusa, você tem alguma bandeira que defende, algum viés mais conversador ou progressista?

Cleusa Lara: Tenho pensamentos muito firmes quanto à família, ao respeito e aos valores. Ainda nessa campanha, tive alguns encontros com algumas frentes que precisam ser ouvidas e discutidas. O nosso governo está de portas abertas para atender as demandas da sociedade e para dialogar e construir uma cidade que inclua e acolha quem precisa.

FVP: A partir do momento que você tomar posse, em primeiro de janeiro de 2021, o que pretende trabalhar para a população de Betim?

Cleusa Lara: Como vice- -prefeita, desejo ser atuante no apoio ao nosso prefeito e no atendimento aos projetos benéficos para nossa cidade. Tenho projetos voltado às mulheres, na busca de emprego no mercado de trabalho, por meio de parcerias, e na ampliação do Centro de Referência da Mulher.

FVP: Sabemos que a atual legislação eleitoral não permite um prefeito (a) se candidatar mais de duas vezes consecutivas, ainda falta muito para 2024, mas com a impossibilidade do atual prefeito se candidatar, a senhora pensa em disputar cargo do executivo municipal no futuro?

Cleusa Lara: Como você mesmo disse, ainda é muito cedo para pensar nisso. Minha missão é apoiar o governo incondicionalmente. Não tenho projeto de poder. Tenho projeto de ser uma boa vice, fiel aos projetos para o bem nosso município ao lado do nosso prefeito e aos propósitos do projeto do grupo político que me escolheu para o cargo, além de minha missão para o bem da cidade.

FVP: Gostaria de deixar alguma mensagem final?

Cleusa Lara: Quero reafirmar o meu compromisso com todos os betinenses, em especial com os mais de 150 mil que confiaram em nós. Quero adiantar que estarei percorrendo a cidade, os equipamentos públicos e conferindo a execução das nossas políticas públicas para que Betim seja, cada vez mais, a Cidade do Bem que tanto queremos e merecemos.