Homem que estava se alimentando com ração por falta de mantimentos vai ganhar casa nova

0
1062
Jorge Nonato Gomes. Foto: Cleison Borges.

Além de dificuldade para comer, a atual residência na qual vive Jorge Gomes não há banheiro e as paredes possuem grandes rachaduras

O morador do bairro Maracanã Industrial, em Igarapé, que ficou conhecido após aparecer num vídeo declarando viver em condições deploráveis, tanto de moradia como alimentação, vai ganhar uma casa nova.

Jorge Nonato Gomes, de 51 anos, sensibilizou pessoas na internet, principalmente porquê, em certo trecho, afirma que comia, em algumas ocasiões, ração para cachorro misturada com feijão, em decorrência da escassez de alimentos. Ao viralizar nas redes, pessoas e associações começaram a doar mantimentos para o homem desde então.

Mesmo vivendo sob essas dificuldades, ele abriga cinco cachorros na residência de apenas três cômodos, sem banheiro. Ou seja, as necessidades humanas fisiológicas precisam ser realizadas do lado de fora. Segundo relatos de pessoas que estiveram no local para ajudá-lo, antes da repercussão do vídeo, a fiação elétrica está instalada de maneira indevida, com risco até de curto-circuito e as paredes contém rachaduras.

Por isso, mesmo com o efeito positivo do vídeo, que trouxe ao Jorge doações de alimentos e visitas que levaram também solidariedade, o residente de Igarapé agora vai ganhar uma casa construída no mesmo lote que a atual.

Reviravolta

Em entrevista à Folha Vale do Paraopeba, Cleison Borges, 30, morador do Novo Horizonte, atuante no serviço social da região e membro da Cufa Igarapé, foi o responsável por gravar o vídeo. Os dois são ex-colegas de trabalho, tendo dividido o expediente há pouco mais de 10 anos, em uma empresa em S. Jm. Bicas.

De acordo com Borges, a ideia surgiu assim que visitou a moradia de Gomes pela primeira vez para levar cesta com alimentos. Ao reencontrar o antigo companheiro de serviço, e se deparar com a estrutura e condição que vivia, Cleison começou a gravar o vídeo de forma despretensiosa, com o morador comentando sobre a situação que vivia, apenas para pedir ajuda para construir um banheiro. Quando as imagens foram para o Instagram, logo mais pessoas se sensibilizaram com a situação.

“Pedi ao Jorge para que pudesse gravá-lo, e assim pedir mais ajuda, principalmente para um novo banheiro, pois haviam me dito que ele vivia numa situação precária, porém não sabia que estava nesse ponto”, explica.

E continua. “Enquanto gravava, ele me disse que comia ração com feijão algumas vezes. Muitas pessoas até questionam o porquê dele gastar com ração e não comprar comida, mas na verdade a ração ele recebe doada por vizinhos para dar aos cachorros, os animais são tudo na vida dele, são toda companhia que ele tem”, esclarece Cleison.

Ele ainda elucida que antes mesmo do vídeo viralizar, já tinha conseguido o que precisava para construção do banheiro. Mas, como muitas ajudas começaram a chegar, o jovem atuante resolveu auxiliar outra família com os materiais.

E com o dinheiro doado para Jorge, o ex-companheiro de trabalho, que está a frente da administração das valores, resolveu construir de vez uma casa nova, o que aparentemente é melhor que reformar a atual, devido ao estado instável.

De acordo com ele, o resultado da solidariedade resultou em R$ 32.779. O necessário para uma residência humilde e confortável, construída no mesmo lote.

Como é possível vermos na foto, a base do imóvel já começou a ser feita. Sendo assim, em breve Jorge, que também participa da obra, terá um lugar novo para morar.

“Ele é um cara do bem, coração bom, quando você conversa com ele percebe a sinceridade, apesar dos momentos difíceis que passou, ele vem superando tudo isso. Mas a vitória maior é ver que o sonho de uma pessoa está sendo realizado por meio de uma atitude de solidariedade, quem dera se mais pessoas agissem assim para mais ‘Jorges’ serem ajudados”, ressalta Cleison Borges.

Como contribuir

Segundo informações, a prefeitura de Igarapé e outras pessoas estão tentando arrumar um emprego para que o dono dos cinco cães possa conseguir se manter.

Até que isso ocorra, ele continua sendo auxiliado com compra de alimentos e produtos de higiene com valores oriundos de doações. Quem quiser contribuir, pode fazer por meio do PIX CPF: 091.846.916-38.

O dono da conta é o próprio Cleison, que também faz a feira e entrega na casa de Jorge. De acordo com ele, todas as notas de compra são prestadas nas redes. Para entrar em contato com o jovem, basta enviar mensagem pelo direct do Instagram @cleison.borges19.