Igarapé fornece suporte aos profissionais da saúde na linha de frente contra à Covid-19

0
1419
Projeto busca dar apoio aos servidores da saúde para minimizar os efeitos do estresse, angústia e da ansiedade que acomete os profissionais neste momento de pandemia. Foto: Prefeitura de Igarapé.

Cidade conta com nove casos confirmados da doença e cria projeto para aqueles que estão na auxiliando no combate ao novo coronavírus

Na manhã de hoje (20), a Secretaria Municipal de Saúde de Igarapé anunciou o projeto “Cuidando de quem cuida”. O objetivo é dar apoio aos servidores da saúde para minimizar os efeitos do estresse, angústia e da ansiedade que acomete os profissionais neste momento de pandemia.

Todo suporte, seja ele físico, social ou emocional, é oferecido por meio de ações promovidas pela equipe multiprofissional do Núcleo Ampliado de Saúde da Família na Atenção Básica (Nasf-AB). O grupo conta com farmacêutico, nutricionista, assistente social, psicólogo e educador físico.

Atividades

Além de sessões com uma psicóloga, os profissionais recebem tratamento como auriculoterapia e ventosaterapia para aliviar tensões física, mental e emocional. Os servidores da saúde também são aconselhados sobre atividades físicas para fazer dentro de casa e sobre alimentação saudável.

Uma cartilha elaborada pelos especialistas que atuam no Projeto “Cuidando de quem cuida” é outro suporte para orientar quem tem que conviver diariamente no enfrentamento da Covid-19.

O enfermeiro da Unidade de Pronto Atendimento (UPA), Thiago Gonçalves, 34 anos, aprova o projeto. “Nesse momento difícil, a técnica da auriculoterapia aliviou demais minhas dores musculares, ansiedade e minha compulsão alimentar. A roda de conversa também foi muito interessante . Foi um momento de descontração para extravasarmos um pouco as nossas tensões”, explica.

“Nesse momento difícil, a técnica da auriculoterapia aliviou demais minhas dores musculares”, disse o enfermeiro da UPA, Thiago Gonçalves.

A colega de trabalho, Marlene Nascimento, 44, que atua na higienização da UPA, também considera “louvável” a proposta. “Como trabalhamos na emergência, sabemos que o risco é alto para o contágio. Isso nos desgasta muito psicológica e emocionalmente, o que acaba voltando para o nosso organismo. Após um plantão pesado de trabalho, poder contar com atividades de alongamento, receber sessões de auriculoterapia e participar de roda de conversa com psicóloga é muito bom. Isso tudo nos relaxa para poder enfrentar outro plantão”, disse.

Marlene Nascimento atua na higienização da UPA e também considera “louvável” a proposta. Foto: Prefeitura de Igarapé.

Coronavírus

De acordo com a Prefeitura de Igarapé, em um boletim epidemiológico divulgado nesta quarta-feira (20), na cidade há nove casos confirmados para o novo coronavírus. Desse total, quatro pessoas estão em acompanhamento e cinco já se recuperaram.

Ao todo, o município conta com 294 notificações, 190 casos suspeitos estão sendo investigados e 95 já foram descartados, até o momento nenhum óbito por Covid-19 foi registrado no município.

*Matéria sob atualização.