Igarapé lança campanha de combate ao mosquito transmissor da dengue

0
286
Foto: Prefeitura de Igarapé / Divulgação

Prefeitura realizou quase 22 mil visitas domiciliares de prevenção à dengue em 2022

Estamos no terceiro mês do ano e agentes ligados à Prefeitura de Igarapé já realizaram 21.800 visitas domiciliares de prevenção a possíveis criadouros do mosquito Aedes aegypti, transmissor de doenças como dengue, chikungunya, zica e febre amarela. As visitas são efetuadas por representantes do Departamento de Zoonoses, ligado à Secretaria Municipal da Saúde.

Segundo os últimos dados do Levantamento Rápido de Índices para o Aedes aegypti (LIRAa), realizado em janeiro deste ano, o índice está em 5.7% — bem acima do ideal, sob forte risco de epidemia. O parâmetro técnico do Ministério da Saúde, quando o LIRAa atinge até 0,9%, é considerado “Baixo Risco de Epidemia”; entre 1% e 3,9%, é considerado “Situação de Alerta”; e acima de 4% indica “Alto Risco de Epidemia”. O próximo levantamento a ser realizado na cidade acontece em abril.

IGARAPÉ CONTRA DENGUE

Para sensibilizar a população no sentido de evitar casos dessas doenças, sobretudo a dengue — muito comum durante esta época do ano — a prefeitura lançou a campanha educativa “Igarapé Contra Dengue”. A campanha visa conscientizar sobre os cuidados necessários para se evitar a propagação do mosquito.

Materiais gráficos como folders, cartazes e cartilhas educativas serão entregues em comércios, residências e escolas. Além da colocação de outdoors e carros de som com mensagens sobre o cuidado cotidiano — como evitar deixar água acumulada sobre superfícies.

O chefe do Departamento de Zoonoses, Giovanni Luiz Barbosa, reforçou a importância desse tipo de ação no combate ao Aedes aegypti. “A conscientização e o apoio da população são muito importantes, uma vez que no último LIRAa, realizado em janeiro, 90% dos focos foram encontrados dentro das residências”, colocou.

HISTÓRICO RECENTE

No ano passado, Igarapé notificou 115 casos suspeitos de dengue, mas nenhum foi confirmado. Em 2022, já foram notificados 14 casos suspeitos.

Em 2021, a prefeitura realizou 145.969 visitas, sendo 652 em pontos estratégicos como ferros-velhos, empresas de grande porte e acumuladores. Ao todo, 1.528 lotes foram notificados, 123 multados e 1.405 foram limpos pelos donos após a notificação.