Prefeitura celebra Dia da Consciência Negra

0
289
Divulgação/PMB

Betim oferece programação especial durante o mês de novembro

Para celebrar o Dia da Consciência Negra, comemorado em 20 de novembro, a Prefeitura de Betim, por meio da coordenadoria de Igualdade Racial, vinculada à Secretaria Municipal de Governo, está realizando durante todo o mês de novembro, uma programação especial com atrações culturais, palestras, mesas de debates e oficinas.

A abertura das atividades foi no dia 5, no hall do Centro Administrativo João Paulo II, com uma palestra sobre a temática: “Cultura e a Lei de Promoção da Igualdade Racial”.

Segundo o coordenador da Igualdade Racial, José Joaquim de Brito, o Janaúba, “a população betinense precisa se conscientizar da desigualdade e do racismo que existem em nosso meio, uma vez que somos todos iguais. É por esse motivo que o respeito
pelo próximo deve imperar, independentemente da cor da pele”, afirmou.

Programação:

  • 16 de novembro, terça-feira, das 13h às 17h
    – Atividade Cultural no Instituto Ramacrisna (Rua Mestre
    Ramacrisna, 379, bairro Santo
    Afonso).
  • 17 de novembro, quarta-feira, das 17h às 22h
    – Atividade Cultural com Betim Cor Brazil, no Centro cultural Dona Antônia (Rua Maria
    de Lourdes, 678 – bairro Novo
    Horizonte).
  • 18 de novembro, quintafeira, das 14h às 17h
    – Atividade Cultural On-line
    com Essencis e IFMG (O link para participação será
    informado no dia, pelo telefone: 3512-4987).
  • 19 de novembro, sexta-
    -feira, das 8h às 12h
    – Atividade Cultural na Câmara
    Municipal (Avenida Governador Valadares, 241, Centro).
    – Atividade Cultural no hall da
    Prefeitura de Betim, das 14h
    às 17h (Rua Pará de Minas,
    640, Brasiléia).
  • 20 de novembro, sábado, na Câmara Municipal
    (Avenida Governador Valadares, 241, Centro)
    – 08h às 12h – apresentação
    de capoeira
    – 13h às 15h – atividades culturais afrodescendentes
    – 18h às 21h – Prêmio Camélia 

Prêmio Camélia

A camélia é a flor símbolo da abolição da escravidão e com essa temática, desde 2009, Betim premia personalidades, instituições e ONGs que contribuem com ações em prol de políticas afirmativas para a comunidade afrodescendente.