Prefeitura de Betim e Universidade Federal de Viçosa promovem cursos de formação para beneficiários do Bolsa Família

0
242
Foto: Secom/PMB

Inscrições acontecem entre os dias 22 e 26 de novembro

Uma parceria entre a Prefeitura de Betim e a Universidade Federal de Viçosa (UFV) vai proporcionar um curso de formação especial para moradores da cidade que recebam o benefício do programa Bolsa Família – hoje denominado de Auxílio Brasil.

O objetivo da Formação Inicial Continuada (FIC) é qualificar os participantes do workshop para planejar, abrir e gerenciar o próprio negócio, ou seja, para que possam se tornar Microempreendedores Individuais (MEIs) com sucesso.

Nesta primeira etapa da parceria entre o município e a instituição de ensino serão oferecidas 25 vagas. O intuito, porém, é que cerca de 500 pessoas passem pelo curso ao longo de 2022. As inscrições são gratuitas e ocorrem entre os dias 22 e 26 de novembro.

Os interessados em participar do FIC devem se inscrever na sede da Superintendência de Trabalho, Emprego e Renda (Seter), que fica na rua Tito Pedrosa, nº 55, Centro. Quem preferir também pode garantir a matrícula pela internet, por meio do link https://bit.ly/3FkVBzQ.

Podem se matricular apenas os moradores de Betim maiores de 18 anos, inscritos no CadÚnico e que recebam o benefício do Auxílio Brasil (Bolsa Família). Além disso, os interessados precisam ter concluído o ensino fundamental. É necessário apresentar, no ato da matrícula, um documento de identidade com foto, CPF, o número de inscrição no CadÚnico e um comprovante de residência.

O curso, que possui carga horária de 160 horas, terá início no dia 6 de dezembro. As aulas serão ministradas por professores da UFV – campus Florestal – e ocorrerão de forma presencial na Seter. Para suprir possíveis custos dos alunos durante o período do curso, a UFV fornecerá um auxílio para cada inscrito no valor de R$ 320.

A vice-prefeita e secretária municipal de Assistência Social, Cleusa Lara, ressalta que o FIC é uma excelente oportunidade para que pessoas que atualmente dependem do Auxílio Brasil possam crescer economicamente e adquirir independência financeira.

“Com o curso, moradores que hoje dependem do benefício poderão ampliar as oportunidades no mercado e, consequentemente, a possibilidade de ter uma renda mais expressiva para sair do básico e realizar sonhos. O objetivo dessa importante parceria com a UFV é justamente promover conhecimento e preparo para possibilitar uma vida de mais qualidade, com realizações e conquistas”, diz.