Programa Jovem do Bem abre cadastros para vagas de primeiro emprego, estágio e menor aprendiz

0
250
Foto: PMB

Projeto da Prefeitura de Betim encaminhou mais de mil jovens para o mercado de trabalho em 2021

Depois de encaminhar cerca de 1.050 jovens com idade entre 14 e 24 anos para o mercado de trabalho em 2021, o município quer expandir esse número em 2022 e garantir mais qualificação para quem está iniciando a carreira profissional.

O programa municipal Jovem do Bem, desenvolvido pela Superintendência de Trabalho, Emprego e Renda (Seter) abre, nesta terça-feira (4), cadastro para pessoas interessadas em vagas de primeiro emprego, estágio e menor aprendiz.

A inscrição vale tanto para quem ainda não é cadastrado, quanto para quem já é, mas deseja atualizar os dados pessoais/acadêmicos. Quem estiver em busca de uma dessas oportunidades deve acessar o link: https://bit.ly/3FWEqVV ou comparecer pessoalmente à Seter, que fica na rua Tito Lívio Pedrosa, 55.

Criado em 2017 pela atual gestão municipal, o Jovem do Bem oferece às empresas que disponibilizam oportunidades de trabalho para os betinenses com idade entre 14 e 24 anos cadastrados descontos de 1 a 50% no Imposto sobre a Propriedade Predial e Territorial Urbana (IPTU) e de até 20% no Imposto sobre Serviços de Qualquer Natureza (ISSQN). O Jovem do Bem abrange vagas de primeiro emprego, estágio, além da iniciativa de menor aprendiz.

“O objetivo do programa é sanar a dificuldade do candidato sem experiência em conquistar uma oportunidade no mercado de trabalho. Entendemos que cada um tem a sua parte na contribuição para o desenvolvimento social e, por isso, as parcerias são essenciais nas políticas públicas. Se o jovem tem a chance de se qualificar e de adquirir as virtudes profissionais necessárias, as possibilidades de uma vida satisfatória, com conquistas e realizações, são expressivamente maiores. Para estimular essas oportunidades no mercado, o município utiliza o mecanismo de que dispõe, que é o incentivo fiscal para as empresas. Então, é uma iniciativa em que todos são contemplados”, ressalta o superintendente de Trabalho, Emprego e Renda, Antônio Carlos de Matos.