Vacinação da gripe ocorre em paralelo a de Covid-19, mas pessoas devem respeitar intervalo de segurança

0
411
Para esse procedimento, o município recebeu 13 mil doses de vacinas contra a influenza. Foto: PMB/Divulgação.

Segundo Ministério da Saúde, imunizados contra o novo coronavírus devem aguardar 14 dias para receber o medicamento que combate a influenza

A campanha de vacinação contra a gripe já começou em Betim seguindo os critérios da Campanha Nacional de Vacinação Contra a Influenza. Neste primeiro momento, apenas crianças de 6 meses a 5 anos, gestantes e mulheres no período de até 45 dias após parto, e trabalhadores da saúde estão sendo vacinados.

Em paralelo, no município, também está ocorrendo a imunização contra a Covid-19, sendo assim o Ministério da Saúde ressaltou que o cidadão que está apto para a vacina da gripe, mas que recentemente foi vacinado contra Covid-19, deve aguardar o intervalo de 14 dias, no mínimo, para receber o medicamento contra a influenza.

A meta é imunizar contra a gripe ao menos 90% das pessoas presentes nos grupos prioritários da ação. A primeira etapa, iniciada em 13 de abril, vai até 10 de maio. No total, para esse procedimento, o município recebeu 13 mil doses de vacinas contra a influenza. As próximas etapas de vacinação contra a gripe ocorrem de maio a julho.

Nesses meses serão vacinados idosos com 60 anos ou mais, professores de escolas públicas e privadas, portadores de doenças crônicas e outras condições clínicas especiais, pessoas com deficiência, profissionais da segurança, caminhoneiros, profissionais do transporte coletivo e do sistema prisional. Além de adolescentes e jovens de 12 a 21 anos sob medidas socioeducativas e população privada de liberdade.

“Neste ano, a vacinação contra a gripe ganha nova importância, uma vez que protege contra formas graves e complicações do vírus influenza, que geram demanda de internação. Isso diminui o uso do sistema de saúde, que já está sobrecarregado pela pandemia”, esclarece a administração municipal, em nota.

Idosos de 64 vacinados contra Covid

Nesta terça-feira (20), a cidade mineira deu início a imunização contra o novo coronavírus em idosos de 64 anos. A estimativa é que 3.539 pessoas incluídas nessa faixa etária recebam por meio da vacina o medicamento.

“Para se vacinar contra a Covid-19, os idosos com 65 anos ou mais devem procurar a Unidade Básica de Saúde (UBS) de referência, portando um documento de identidade, o cartão de vacina e o comprovante de residência”, disse a prefeitura, em nota.

 

Além disso, também está sendo aplicada a segunda dose da vacina nos idosos com idade entre 79 e 73. Vale lembrar que ambas campanhas ocorrem nas UBSs da cidade, de segunda a sexta-feira, das 7h às 18h.