Dr. Vinícius e Fabrício (Rede) se dizem confiantes no resultado das eleições

0
737
Candidatos da chapa do partido Rede relataram que uma grande reclamação que ouviram pelo município dos eleitores foi em relação à saúde. Foto: Divulgação.

Caso sejam eleitos, os candidatos pretendem eliminar fila de exames nos centros de saúde

Fazendo uma campanha limpa e sem ataques, como eles mesmo denominam, Dr. Vinícius (Rede-18), candidato a prefeito de Betim, e Fabrício, vice-candidato, estiveram em diversas regiões da cidade, conversando com os eleitores e levando propostas.

O candidato a prefeito, que também é o atual vice-prefeito da cidade, Dr. Vinícius, informou à Folha Vale do Paraopeba que acredita na vitória nestas eleições, pois os betineneses desejam um prefeito que governe junto à população, ouvindo, dialogando e resolvendo as reais necessidades de cada bairro.

Os integrantes da chapa do partido Rede relataram que uma grande reclamação que ouviram pelo município foi “com relação ao atendimento na área de saúde, pois muitos moradores estão esperando pelo agendamento de uma consulta especializada, exame ou cirurgia há um ano, dois anos e até cinco anos”, disseram.

Dr. Vinícius afirmou ainda, “vou resolver essa questão no início de meu governo, com um mutirão da saúde, contratando médicos de várias especialidades, ampliando a realização de exames e cirurgias, pois a saúde da população não pode esperar”. O médico adicionou à fala ainda, que, irá voltar com a farmácia, pediatria e atendimento ginecológico em todas as unidades de saúde do município.

Para tratar de outra carência da população, a falta de emprego e renda, Dr. Vinícius informou que pretende criar o programa “Renda Betim” que, através de contrapartidas sociais, irá permitir a geração de empregos para mulheres e jovens, sendo que os mesmos irão trabalhar próximo às suas residências, em postos de saúde, escolas, creches e outros equipamentos públicos.

O vice Fabrício destacou também que a chapa pretende realizar uma política de atração de novos investimentos. “Muitos empresários deixaram de investir na cidade em virtude de exigências abusivas da atual gestão, que acabou por afugentar investimentos e geração de empregos”.

Além disso, os candidatos abordaram sobre o projeto “Casa Família Betim”, muito bem aceito pela população. “Projetos de moradia não podem ser um amontoado de casas. É necessário que os empreendimentos contemplem estrutura de lazer, escola e posto de saúde. Isso é possível, a partir de planejamento, negociação de contrapartidas e implantação de uma gestão pública eficiente. A população merece moradias dignas e acessíveis”, destacou.

O vice-prefeito também comentou que atuará muito em relação a demandas da juventude da cidade, com investimentos em opções de lazer, de cultura, esportes e ensino. Elucidou sobre o projeto “Bolsa Faculdade”, no qual serão ofertadas bolsas de 100% para jovens que vierem de escolas públicas terem a oportunidade de cursar medicina e outros cursos superiores, como detalhou. “Iremos também descentralizar as ações de esporte, lazer e cultura para todas as regiões da cidade, pois sabemos da precariedade dessas ações em todos os bairros de Betim, principalmente nas periferias”, explica.

Ao jornal, os dois candidatos à prefeitura afirmaram que acreditam na vitória no próximo dia 15. “Em virtude dessas e de outras propostas, que tem como base uma gestão pública inovadora, democrática e transparente, bem como, em virtude da grande aceitação que a chapa recebeu nos quatro cantos da cidade, nós acreditamos na vitória, pois faremos um governo ouvindo a população, respeitando todos e investindo nas áreas em que o cidadão do município realmente precisa”, finalizaram.