O adeus a Pinduca, “o político do povo”

0
1052
Foto: Pollyanna Maliniak / ALMG.

Ex-vice-prefeito tinha 68 anos e estava internado desde o final de março em hospital particular de Betim

Um dos políticos mais conhecidos de Betim, Pedro Ivo Ferreira Caminhas, o Pinduca, bastante popular na regional PTB, morreu no último domingo (11), por complicações da Covid-19. De acordo com a assessoria, ele sofreu duas paradas cardiorrespiratórias por volta das 11h15 e não resistiu. Pinduca estava internado, desde 24 de março, no Hospital da Unimed, na cidade, e no dia 28, após complicações, teve de ser intubado. Ele tinha 68 anos, e era natural de Araçuaí, na região do Vale do Jequitinhonha. Em vida, deixa esposa e cinco filhos.

Trajetória política

omo comerciante, Pinduca foi eleito vereador em 1992, cumprindo dois mandatos seguidos. Em 2001, chegou à Assembleia Legislativa de Minas Gerais como deputado estadual, após o deputado Ronaldo Canabrava renunciar ao cargo para assumir a prefeitura de Sete Lagoas. O ex-político conseguiu ser reeleito em 2003 e ficou até 2011 na casa legislativa do estado. Ele também foi vice-prefeito de Betim de 2001 a 2008, quando o prefeito era Carlaile Pedrosa. Em 2016, assumiu pela última vez o cargo de deputado estadual, mesmo sem alcançar o número de votos necessários, logo depois do parlamentar Fábio Cherem (PSD), de quem era suplente, ser nomeado secretário de Estado de Desenvolvimento Econômico.

enterro do político ocorreu pela manhã de 12 de abril, no Cemitério Nossa Senhora do Carmo, em Betim, restrito apenas a parentes. Como forma de homenagear o ex-deputado, familiares e amigos fizeram um cortejo de veículos, pela a rua Doutor Romeu Lages, em frente ao número 208, no bairro PTB, até o cemitério. Em nota, a Prefeitura de Betim manifestou seu pesar, “nossa cidade perde uma das suas maiores personalidades políticas. A comunidade per de um verdadeiro amigo. Aos familiares e amigos, manifestamos nossas condolências”.

Parlamentares recuperados

O ex-vereador de Betim, Almir Nogueira, de 72 anos, testou positivo para Covid-19 no mês passado, e teve de ficar internado até 2 de abril, no Biocor, em Nova Lima, quando recebeu alta. Um dia depois, ele sentiu um mal-estar e resolveu procurar atendimento médico, a par tir disso novamente foi internado, tendo alta apenas no último dia 7, do hospital da Unimed. Recentemente, Almir perdeu o irmão, o ex-deputado estadual Ivair Nogueira, devido a complicações do novo coronavírus. Ivair chegou a ser internado por sete dias, no Madre Teresa, em BH, mas não resistiu.

Outro ex-vereador de Betim, pelo Partido Verde, Elias Araújo, também recebeu alta e está em casa se recuperando ao lado da família após ficar internado no hospital da Unimed, do município. Elias, que também é pastor da Igreja Assembleia de Deus, chegou ao hospital após constatar baixa oxigenação e saturação no sangue o que levou a ser hospitalizado. O ex-parlamentar ocupou a Câmara Municipal de Betim de 2017 a 2020