Guto Resende é reeleito como presidente da Icismep

0
461
Foto: Icismep / Divulgação

Prefeito de São Joaquim de Bicas segue à frente da instituição

No último dia 24, em Assembleia Geral de Prefeitos, foi realizado o processo eleitoral para escolha da nova diretoria do consórcio Icismep (Instituição de Cooperação Intermunicipal do Médio Paraopeba). Com apenas uma chapa inscrita, seus membros foram eleitos por aclamação pelos seus pares. Guto Resende, prefeito de São Joaquim de Bicas, reeleito ao cargo de presidente, encabeça a chapa que assume pelos próximos dois anos. O evento aconteceu no Hotel fazenda Vale Amanhecer, no município de Igarapé.

A composição da nova diretoria ficou definida assim: Presidente: Antônio Augusto Resende Maia (prefeito de São Joaquim de Bicas), 1o vice-presidente: Maria Lúcia Cardoso (Pitangui), 2o vice-presidente, Geraldo Donizete de Lima (Itaguara), 3o vice-presidente, Juliano Vasconcelos (Mariana) e 4o vice-presidente, Marcelo Pinheiro do Amaral (Sarzedo). O mandato tem validade a partir de 26 de abril deste ano, com vigência até 25 de abril de 2024.

Na ocasião da eleição, Guto Resende ratificou a relevância do consórcio para toda região atendida, hoje com 61 municípios participantes. “Fico grato de poder dar a minha contribuição para que a Icismep cresça cada vez mais. O consórcio faz grande diferença para os municípios, especialmente os menores, e agora, posso contar com quatro prefeitos, que são os vices, para me ajudarem no atendimento das demandas dos nossos consorciados, porque a primeira missão que temos é solucionar os problemas que sozinhos, os municípios não dão conta de resolver”, disse o presidente reeleito da Icismep.      

SOBRE A INSTITUIÇÃO

A Instituição de Cooperação Intermunicipal do Médio Paraopeba (Icismep) é uma associação pública de municípios que visa desenvolver ações e serviços que venham a complementar a assistência à saúde da população da microrregião. Criado em 1996 como Consórcio (Cismep), reunia 10 municípios que buscavam esforços conjuntos para solucionar demandas que afetavam a saúde da região. Em 2014, muda a nomenclatura para Icismep, mas seguindo os mesmos objetivos. Hoje, 61 municípios — cujas populações somadas superam 2,5 milhões de pessoas — fazem parte da cooperação.

Segundo a Icismep, por ano, são realizados cerca de 300 mil atendimentos e 8 mil cirurgias em suas unidades, além de 6 milhões de procedimentos por meio da gestão clínica e contratos de programas. A instituição é mantida com verba do SUS e repasses mensais das prefeituras consorciadas.