Prefeitura de Betim e Globo Minas renovam convênio do “Uma Vida, Uma Árvore”

0
2127
Programa foi criado em 2008 pela Globo Minas, em parceria com as prefeituras de Betim, Contagem e Belo Horizonte. Foto: Pixabay/Divulgação

A cada criança cadastrada no programa, a prefeitura planta uma árvore em sua homenagem

A prefeitura de Betim, por meio da Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável (Semmad), e a Globo Minas renovaram o convênio do programa “Uma vida, uma árvore“. A cerimônia, que oficializa a continuidade da parceria, ocorre na sede da emissora nesta segunda-feira (2).

O programa foi criado em 2008 pela Globo Minas, em parceria com as prefeituras de Betim, Contagem e Belo Horizonte. A proposta é incentivar o plantio de mudas de árvores em homenagem às crianças recém-nascidas e, ainda, contribuir diretamente com a ampliação das áreas arborizadas do município. A cada criança cadastrada no programa, a prefeitura planta uma árvore em sua homenagem.

Desde 2009, o programa garantiu o plantio de 29.667 mudas arbóreas em Betim. A expectativa é que, até o final de fevereiro de 2020, término do período chuvoso, sejam plantadas cerca de 400 mudas relativas aos novos cadastros de recém-nascidos na cidade.

O secretário municipal de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável, Ednard Tolomeu, reconhece a relevância do projeto que contribui com uma vida mais saudável de maneira sustentável. “O programa possibilita a expansão das áreas arborizadas na cidade, garantindo mais qualidade de vida, uma vez que essas reduzem os efeitos das mudanças climáticas, atuando no controle da temperatura e melhorando a qualidade do ar”, disse o secretário.

Como realizar o cadastro

Os pais interessados devem preencher o termo de adesão ao programa disponibilizado no cartório, hospitais e maternidades ou na Secretaria Municipal de Desenvolvimento Sustentável.

Feito isso, eles recebem, por e-mail, um certificado ambiental com o número, a espécie e a localização da árvore plantada, que pode ter seu crescimento acompanhado pela família, já que o plantio é feito na região do endereço cadastrado. Qualquer criança com até um ano de vida, e nascida em Betim, pode ser cadastrada.